terça-feira, 20 de agosto de 2019

Sem calcinha



A primeira vez que a gente sai sem calcinha é inesquecível. Ao mesmo tempo que você quer mostrar, quer esconder. Minha primeira vez foi no parque. Eu e meu marido estávamos passeando de mãos dadas, falando coisas da vida e eu estava sem calcinha. Não tinha dito nada pra ele. Fomos andando e eu não conseguia me concentrar muito no assunto porque só pensava sacanagem… já estava toda babada! Aí, fiz como se fosse pegar uma flor no chão e dei uma empinadinha pra ele, que ficou pálido quando me viu com as bochechinhas pro ar! Peguei a flor, como se nada estivesse acontecendo, e com a cara mais safada do mundo, olhei pra ele e disse: “Gostou da flor?” Ele ficou sem palavras! Cheguei mais perto, encostei no seu pau e podia senti-lo latejando! Isso me deixa louca! Daí pra frente, fomos buscando um local onde pudéssemos dar uma rapidinha. Encontramos uma área atrás de uma figueira enorme, meio que um barranco e aparentemente não passaria nenhuma criança por ali (ou não…). Abri o seu zíper, tirei o pau pra fora, dei umas mamadas e arrebitei gostoso. Ele colocou bem devagarinho e foi deslizando naquela baba gostosa… me pegou bem encaixado no quadril e me fez gozar gemendo em silêncio umas 3 vezes em seguida. Logo após, gozou gostoso e me deixou toda recheada…. Mal terminou de gozar e escutamos uma criançada se aproximando! Guardou tudo meio melado mesmo e nos abraçamos. Mas eu não podia esconder a porra que escorria pelas minhas pernas e ensopou minhas sandálias! Virou uma meleca, é verdade. Mas foi muito divertido. O mais complicado foi subir o barranco de volta com as sandálias escorregadias! Demos muita risada e continuamos nosso passeio pelo parque… 

Um comentário:

  1. Tessao de mais isso. Queria tá observando escondido e batendo punheta.

    ResponderExcluir